Autor

Categorias

Últimas Linhas

Arquivo

Março 2011
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

CORAGEM, PRECISA-SE

José Couceiro demonstra coragem e determinação ao aceitar este desafio para comandar tecnicamente o Sporting.

Sou daqueles que nunca entendi muito bem esta contratação, pois Costinha tinha sido a grande aposta da direcção. Falhou Costinha, errou a direcção e agora sobrou para José Couceiro. É a vida…

Foi contratado para organizar desportivamente o clube e acaba sentado no banco dando as tácticas até ao final da época.

O que tem faltado ao Sporting é estratégia, logo a sua marca e imagem estão em permanente desvalorização.

Precisamos de voltar aos tempos do “Esforço, dedicação, devoção e glória”, caso contrário o Sporting pode ser transformado num caso de estudo pela negativa. Esta desorganização desportiva dá que pensar.

Como é que um clube com a Academia de Alcochete como “fábrica” de talentos chega a este ponto? É uma triste realidade aquela que se sobrevive em Alvalade.

Sem saudades deve estar Liedson que no Brasil já tem sete golos em cinco jogos, mostrando toda a sua raça e demonstrando que estava em boa forma apesar de este ano não marcar no Sporting como nos foi habituando ao longo dos anos. O Sporting não vence sem Liedson e o Corinthians só ganha.

Golos é o que o Dr. Gilberto Madail tem que marcar na FIFA e na UEFA para impedir que essas instituições coloquem o nosso futebol fora de jogo.

Chegou nova carta à sede da FPF mostrando uma vez mais a conformidade legal do projecto de estatutos. A carta pode servir para dissipar as dúvidas de algumas associações e colocar um ponto final nesta novela que em nada prestigia o País que ocupa um lugar destacado no ranking europeu e mundial.

P.S. É tão estranha esta saída de Leonardo Jardim do Beira-Mar. Aguardemos pelos próximos capítulos. Poder-se-á chamar a isto uma chicotada psicológica?

Pontapé-de-Saída. A Bola, 01/03/2011


1 comentário 01 de Março de 2011