Autor

Categorias

Últimas Linhas

Arquivo

Novembro 2010
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

OS MELHORES…

Em dia de Barcelona - Real Madrid vou abordar desde já o clássico de Alvalade. Um jogo intenso que levou mais de 35 mil pessoas ao estádio. Longe da lotação esgotada mas com uma adesão superior à média. Dispensáveis eram as maçãs. Estamos a comemorar o Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social, logo o brincar com géneros alimentícios era desnecessário. Aqueles que se divertem com estas maldades deviam ajudar o Banco Alimentar Contra a Fome superiormente liderado pela Dra. Isabel Jonet.

O jogo propriamente dito foi dominado pelo Sporting, que a jogar assim podia ter mais pontos. O F. C. Porto soube resistir aos ímpetos do Sporting, mostrando que é hoje a equipa que melhor joga futebol em Portugal. Desnecessários são também os excessos de André Villas Boas que não aguenta ver a sua equipa perder. Fica nervoso e não há necessidade. O FC Porto está merecidamente, na frente do campeonato.

Em Espanha, vamos ver hoje quem fica na frente do campeonato. Em Barcelona, Cristiano Ronaldo e Leonel Messi são os protagonistas do espectáculo que todos querem ver. Nos bancos teremos outro duelo de luxo. De um lado José Mourinho e do outro Josep Guardiola. Estou a torcer pelo sucesso do Real Madrid, equipa que voltou a dar alegrias aos seus apoiantes e voltou igualmente a incomodar os poderosos interesses instalados na UEFA. Durante anos assistimos aos treinadores a forçarem a mostragem de cartões amarelos, procurando limpar para jogos mais importantes. Foi e será sempre assim. O atraso na reposição da bola em jogo é um expediente usado por todos, mas foi ao Real Madrid e a José Mourinho que a UEFA decidiu abrir um inquérito.

Infeliz, uma vez mais a UEFA, a roçar a perseguição ao português que é, de forma clara e inequívoca, o melhor treinador do mundo. Perdoa-lhes, José Mourinho.

Pontapé-de-Saída, A Bola, 29/11/2010


Adicionar comentário 29 de Novembro de 2010