Autor

Categorias

Últimas Linhas

Arquivo

Outubro 2009
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

O ADEUS AO PROF. ALBINO MARIA

Acabei de ter conhecimento da morte do Prof. Albino Maria.
Uma grande personalidade do Desporto em Portugal.
Conheci-o em Rio Maior onde desenvolveu um extraordinário trabalho na valorização do Desporto.
Conjuntamente com o Prof. José Manuel Constantino, convidei o Prof. Albino Maria para Director do Complexo Desportivo do Jamor onde se destacou pelo rigor e pela qualidade do serviço público prestado.
Um profundo conhecedor do Desporto em Portugal.
Aqui fica a minha homenagem e o meu tributo ao Prof. Albino Maria.
Um abraço a todos os amigos e familiares.
Um grande Senhor do Desporto em Portugal.

21 de Outubro de 2009 pelas 21:33

Arquivado em: Política

4 comentários Adicionar agora

  • 1. Manuel da Costa  |  22 de Outubro de 2009 pelas 12:23

    Um grande Senhor concerteza.

  • 2. José Carlos Silva  |  22 de Outubro de 2009 pelas 19:41

    Trata-se de um Homem com um riquíssimo currículo. Mais um cidadão que parte. Condolências à sua família e amigos. Paz à sua alma. Porque a morte é um mistério, e, antes que me leve, coloco-me nessa situação, e afinal, acabo por ser confrontado com o nada. É perante o abismo sem fundo e sem fim do nada que se revela o puro assombro e a estupefacção absoluta do mistério incrível e indizível do Ser e de ser. A morte não mente. Ela desmente a (…), pondo a nu a verdade. É extraordinário.

  • 3. Sérgio Nascimento  |  24 de Outubro de 2009 pelas 18:39

    Desde o momento que recebi a notícia do falecimento do Professor Albino Maria, não consigo parar de interiorizar o que este homem representou para mim. Mais assombroso fico, quando concluo as poucas vezes que dialogámos e trocámos ideias.

    Mas a marca de uma pessoa não é a quantidade de vezes que interfere na vida de outrem, mas sim a particularidade que possui em transformar um momento…no momento! E quando essas “curtas-metragens” ramificam-se por várias pessoas em ocasiões distintas, isso representa que o dom da sua individualidade irá perdurar na nossa memória.

    Recordo-me…O trato pessoal, o olhar profundo na descodificação de ideias, a tranquilidade cooperativa nas aulas e a humildade constante e contagiante para com quem lidava. Até nos últimos momentos da sua “passagem”, contam-me que, a sua autenticidade pura ofusca os mais temerosos pessimistas. Aluno ou ex-aluno, professor ou administrativo, político ou associativo, desportista ou inerte, sinto que a sua voz era percebida e descodificada por todos.

    Pode ser que no desenvolvimento sustentável do desporto, as suas obras passem a proféticas. Basta seguirmos as linhas neutrais do pedagogo.

    Hoje, comparo-o à minha mãe. Na luta no combate à doença, ambos afirmaram que a vida é muito mais do que ser vivida! A Vida são…

    Houve um rei que pediu, “dêem-me apenas inteligência para saber decidir”. Assim vejo o Professor Albino Maria.

    Afinal, todos os homens morrem…até os imortais visionários enérgicos!

  • 4. Luis de Cidacos  |  25 de Outubro de 2009 pelas 17:45

    Não o conheci pessoalmente!
    Li um dia, algo sobre este cidadão, num pequeno jornal regional, que me impressionou como Homem ,Cidadão e profissional.
    Mais um Homem Bom que parte.
    Paz à sua alma!
    Sinceras condolências à sua família.

    Luis de cidacos

Deixe o seu comentário

Obrigatório

Obrigatório

Código HTML permitido:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>