Autor

Categorias

Últimas Linhas

Arquivo

Junho 2008
S T Q Q S S D
« Mai   Jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

NÃO ESTÁ FELIZ …

Na Assembleia da República realizou-se uma Interpelação ao Governo sobre Saúde.
Foi a Interpelação nº 23/X, feita pelo CDS-PP.
O Primeiro-Ministro assiste sempre à intervenção inicial e depois abandona o Parlamento.
É normal esta atitude.
O que já não é normal é a notória falta de energia de José Sócrates. A cara do Primeiro-Ministro não transmite confiança, só preocupação.
O que deu para ver foi um Sócrates pouco feliz, mesmo triste.
Acho que tem receio de se afundar cada vez mais.

18 de Junho de 2008 pelas 17:17

Arquivado em: Política

6 comentários Adicionar agora

  • 1. Silvia Cordeiro  |  18 de Junho de 2008 pelas 18:00

    E porque deveria ele andar contente?

  • 2. Zé da Póvoa  |  18 de Junho de 2008 pelas 18:58

    Este comentário sobre o Sócrates faz lembrar o cheiro a cadáver com as “avezinhas” preparadas para o rapinanço!
    Ilusão de óptica! Recordo o filme que ainda está em cena na Europa em que o cadáver se levantou com grande estrondo …!

  • 3. Manuel da Costa  |  20 de Junho de 2008 pelas 00:25

    É um zero à esquerda, não conta…

  • 4. Zé fidalgo  |  21 de Junho de 2008 pelas 11:24

    O cansaço só se manifesta em quem trabalha!
    Tentar ver na cara do nosso primeiro Ministro algum desânimo é não conhecer minimamente a sua têmpera.
    Convém não esquecer que ele NUNCA baixou os braços às adversidades políticas - Souselas, Setúbal, juizes, professores, manifestações em frente ás sedes do partido, etc -.
    Se tentarem ver na cara dos políticos o seu verdadeiro animus, então ponham os olhos na “Avózinha”. Que desalento! No 1º dia do Congresso do PPD/PSD disse que o nosso Primeiro Ministro desprezou este partido. Não será, por outro lado, que o próprio partido se desprezou a ele próprio? Então não houve um pacto para justiça entre PS e PSD? Não houve um pacto para a reforma eleitoral autárquica entre o PS e o PSD, que depois foi violado por este último partido?
    Recordam-se do tempo da ditadura da maioria do Profº Cavaco, de que esta senhora fazia parte?
    Drª Ferreira Dias, tenha memória.

  • 5. José Carlos  |  30 de Junho de 2008 pelas 17:20

    De facto o trabalho desgasta . Por isso é que os portugueses estão demasiado cansados de tanta trabalheira do Governo.

  • 6. PAULO MATOS  |  30 de Junho de 2008 pelas 22:33

    De facto o Zé Fidalgo parece que anda distraído ! O que o país precisa é de “actos” e não de “pactos”. As manifestações, souselas, setúbal, os juízes os professores, os camionistas, os assobios ao 1º ministro não acontecem por acaso. No tempo das maiorias de Cavaco Silva, o Guterres aparecia a prometer o “diálogo” e com isso ganhou o poder. Esse não é seguramente oe stilo de MFL que não mascara os problemas com marketing político, nem tapa a cara com um sorriso de arrogância. Diz qual é a situação a que o país chegou e promete ser diferente. Aguardemos com serenidade para que o país não se sinta desprezado.

Deixe o seu comentário

Obrigatório

Obrigatório

Código HTML permitido:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>