Autor

Categorias

Últimas Linhas

Arquivo

Junho 2008
S T Q Q S S D
« Mai   Jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

NOVA PRESIDENTE

Manuela Ferreira Leite é a nova Presidente do PSD.
Ganhou as eleições directas, por uma margem de três mil votos em relação a Pedro Passos Coelho, que ficou em segundo lugar.
No primeiro discurso apelou à unidade interna.
Fez bem.
Chegou a hora de "todos" darem o seu contributo para que o PSD possa protagonizar uma verdadeira alternativa ao governo socialista.
Pela primeira vez, uma mulher vai dirigir o PSD.
Parabéns pela vitória e bom mandato.

01 de Junho de 2008 pelas 17:08

Arquivado em: Política

6 comentários Adicionar agora

  • 1. Emanuel Rodrigues  |  01 de Junho de 2008 pelas 19:39

    Sobre as eleições do PSD:
    1) Passos Coelho teve um bom resultado, mas neste momento é fictício. Não se sabe para onde vai a metade da facção barrosista que o apoiou (e teve muito peso neste resultado) em próximas eleições internas.
    2) O PSD escolheu a candidata que concorda com todas as políticas do Governo: desde os impostos à saúde passando pela educação. Portanto, a vitória em 2009 está segura para o PS, sendo certo que não haverá maioria absoluta.
    3) Santana Lopes tem mesmo 7 vidas. Nesta 5ª vida (leia-se 5ª candidatura) portou-se bem, mas o PSD provou ter memória. Agora PSL vai ter de gerir muito bem as duas vidas que lhe falta.

    Futurologia:
    Ferreira Leite perde 2009, Rui Rio avança, mas o futuro é de Passos Coelho, isto de Santana Lopes ajudar.

  • 2. Paulo Matos  |  02 de Junho de 2008 pelas 09:48

    Alguém tem que dizer ao dr. Menezes e acólitos que o ódio e o ressentimento nunca foram bons conselheiros em política. Só Manuela Ferreira Leite poderá acalmar as hostes e reconstruir um partido a partir da base. É uma oportunidade de ouro para reunificar o partido, aproveitando os “melhores” de cada candidatura, sem negociatas de lugares e com sentido de estado. NO país, ou o PSD reconquista o centro, assumindo-se como uma esperança para os descontentes do PS e voltando a ser o partido federador do centro-direita, ou o poder continuará a ser uma miragem.

  • 3. Silvia Cordeiro  |  02 de Junho de 2008 pelas 11:23

    Não foi por ela ser uma mulher que votei na Manuela Ferreira Leite mas sim pela credibilidade que pode e já está a dar ao Partido.
    No entanto julgo que todas as mulheres portuguesas e em especial as social democratas devem estar orgulhosas por esse facto.
    Estou erta que o PSD vai reentrar finalmente no bom caminho. A prova disso mesmo é o seu comentário uma vez que apoiou outra opção mas mostra disponibilidade para trabalhar com a nova liderança. Só podia ser assim mas….

  • 4. Zé da Póvoa  |  02 de Junho de 2008 pelas 16:08

    Acho que deveria ser encomendado um estudo a uma boa Faculdade de Ciências sobre o cérebro de um PPD (não digo social-democrata porque não quero ofender!). É que é mesmo um “caso de estudo”. Então não é que destilam ódio contra tudo o que o Sócrates (o nosso) diz e faz e escolhem para a chefia do partido a Avozinha que defende precisamente o mesmo que o 1º. ministro tão odiado? Impostos nem pensar em descer! Gasolina nem pensar em reduzir o ISP ou o IVA! Defice não pode aumentar! Educação, de acordo com a política da ministra!
    A “nuance” social de que a Avozinha impregnou algumas afirmações foi apenas estratégia eleitoral. Todos conhecemos como foi a sua passagem pela Educação. Foi a primeira ministra de educação, depois do 25 de Abril, a mandar a polícia invadir as salas de aula para bater nos alunos. E eu ainda tenho marcas no corpo.

  • 5. Manuel da Costa  |  05 de Junho de 2008 pelas 03:21

    Este País precisa urgentemente de oposição simples e pura. Não é preciso inventar nada, basta fazer o contrário do que tem vindo a ser feito.
    -Golpe de Estado; ; -Universidade Independente…

  • 6. Manuel da Costa  |  05 de Junho de 2008 pelas 18:03

    P.S.: falta o “Alcochete jamais”…

Deixe o seu comentário

Obrigatório

Obrigatório

Código HTML permitido:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>