Autor

Categorias

Últimas Linhas

Arquivo

Abril 2008
S T Q Q S S D
« Mar   Mai »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

COMPLEXO(S)

É muito popular criticar os políticos que abandonam a política e se transferem para as empresas.
Considero perfeitamente normal.
Hoje li no Diário Económico a última crónica de Jorge Coelho. Vai fazer falta ao jornal.
Jorge Coelho vai comandar os destinos da Mota-Engil.
Vai ter sucesso, é um homem de aproveitar oportunidades, um homem de trabalho.
Talvez tenha feito a sua última intervenção política no Porto. Merecia ter finalizado a sua intervenção política com outra sorte. Teve azar. Merecia mais do PS, muito mais.
Vou deixar aqui outro exemplo: - Joaquim Fernando Nogueira, um senhor.
Abandonou definitivamente a política sendo hoje um grande senhor da Banca.
Não podemos nem devemos ter complexos.


2 comentários 03 de Abril de 2008

VAMOS A PEQUIM 2008

Os Jogos Olímpicos deveriam ser sempre acontecimentos desportivos, repito acontecimentos desportivos e não políticos.
Um grande e único momento de exaltação desportiva.
A participação nos Jogos Olímpicos é o concretizar de um sonho.
Não nos devemos esquecer que os Jogos Olímpicos são uma competição entre atletas e não entre países.
O Desporto vai ter que resistir às pressões políticas.
Portugal vai em "Pequim 2008" ter um resultado histórico.
Devemos aproveitar o valores do olimpismo para ajudar a resolver questões políticas.
A participação nos Jogos Olímpicos nunca pode servir de arma de arremesso político.


Adicionar comentário 03 de Abril de 2008