Autor

Categorias

Últimas Linhas

Arquivo

Dezembro 2006
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

CENSURA ?

Pinto Balsemão partiu a "loiça" no congresso do Poder Local. Acusou o governo de se estar a preparar para limitar a liberdade de imprensa. Estava a referir-se ao anteprojecto da Lei da Televisão. Segundo Balsemão o anteprojecto apresenta "… mecanismos comparáveis à censura à posteriori, além de tornar mais desleal a já desleal concorrência da RTP às televisões privadas".
Promete.

14 de Dezembro de 2006 pelas 01:16

Arquivado em: Política

2 comentários Adicionar agora

  • 1. Paulo Oliveira  |  14 de Dezembro de 2006 pelas 17:58

    Não me parece que a lei seja má para os telespectadores. E em minha opinião isso é que importa.
    Se a SIC e a TVI perdem para a RTP a mim não me preocupa.
    Se calhar a Lei de Televisão em discussão devia ir ainda mais longe e proibir os canais (todos) de nos massacrar com novelas desde o fim dos telejornais (também eles massacrantes) até às tantas da madrugada. Julgo que deveria haver mais espaço para entretenimento, debatee outros formatos informativos nos horários nobres.
    Era isso que devia preocupar o Dr. Balsemão.

  • 2. RALPH  |  15 de Dezembro de 2006 pelas 13:39

    As televisões privadas (sem apoio do estado) tem que obrigatoriamenente fazer pela “vida” e se o público quer novelas,elas têm de dar novelas. O que eu acho contra é a nossa televisão pública, a quem pagamos pelos impostos e pela contribuição para o audiovisual, não fazer verdadeiramente um serviço público de televisão. Relativamente à contribuição audiovisual, não consigo compreender porque é uma contribuição por cada contrato com a EDP e não somente um por cada cliente residencial. Um exemplo, um agricultor que tenha 10 contratos com a EDP, sendo eles para a rega dos terrenos, porque é que raio é que tem de pagar 10 vezes a contribuição para o audiovisual? Vai meter uma televisão no meio do descampado?
    Cumprimentos,

Deixe o seu comentário

Obrigatório

Obrigatório

Código HTML permitido:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>